segunda-feira, 26 de março de 2012

“Plebiscito é uma solução consistente”, senador Aníbal Diniz

O senador Aníbal Diniz veio ao Acre no último final de semana apresentar o projeto que prevê a realização de um plebiscito para resolver definitivamente a questão do fuso horário no Estado. Diniz protocolou o Projeto de Decreto Legislativo – PDS Nº 77/2012 na última quarta-feira junto à Secretaria Geral da Mesa do Senado, em Brasília, com o entendimento de que é uma solução consistente e viável. Para explicar o projeto à população, o senador fez questão de conversar com a comunidade e participar de várias entrevistas em rádios e emissoras de TV locais, incluindo um debate no programa Tribuna Livre da TV Rio Branco, que contou também com a participação do senador Sérgio Petecão, frontalmente contrário à proposta.
No programa Tribuna Livre, que foi exibido sábado à noite e segunda-feira à tarde, Sérgio Petecão foi incisivo em afirmar que vai fazer todo esforço possível para que o projeto não seja aprovado.
Já o senador Aníbal explicou que o referendo realizado em 2010, a partir de proposta apresentada pelo deputado Flaviano Melo (PMDB) e aprovada na Câmara e no Senado, não teve o efeito esperado pelos eleitores por se tratar de um projeto que nasceu com dois vícios de origem: primeiro, por ter sido apresentado fora do tempo adequado - deveria constar do projeto do senador Tião Viana que mudou os fusos horários do Acre e de parte dos estados do Amazonas e Pará. Em segundo lugar, porque previu consulta popular apenas entre os eleitores do Acre, quando a Lei 11.662/2008 estabeleceu mudança de fuso no Acre, no Pará e no Amazonas. Eis a razão pela qual o vice-presidente Michel Temer e depois a presidenta Dilma Rousseff tiveram que vetar a mudança.
“A questão do fuso horário precisa de uma solução. O referendo nasceu com muitos vícios. Temos um problema a ser solucionado e dentro de minha atribuição como parlamentar me proponho a ajudar na busca de uma saída”, afirmou o senador Aníbal, que participou de entrevista no programa Boa Tarde Rio Branco, na TV Rio Branco, e encerrou sua agenda na TV Gazeta, reafirmando a seriedade do tema. “O assunto não é brincadeira e, justamente por respeitar a vontade da população, achamos por bem a realização de um plebiscito envolvendo os três Estados para orientar os legisladores na feitura de uma lei definitiva sobre a questão”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário