terça-feira, 26 de julho de 2011

Senador Aníbal apresenta balanço de início de mandato para militantes do PT

Com o recesso no Senado Federal, o senador Aníbal Diniz aproveita a maior disponibilidade de tempo no Acre para conversar com a base militante do Partido dos Trabalhadores e reafirmar que seu mandato pertence ao partido com o compromisso de continuar dignificando o cargo que antes era ocupado pelo governador Tião Viana. Na reunião da última sexta, 22, no auditório da assembléia legislativa, o senador iniciou sua fala sugerindo que o dispositivo de honra ficasse no mesmo nível que os militantes, "São pequenos símbolos que a gente cultiva que tem haver com a nossa história", lembrou.

Aníbal fez uma prestação de contas do início de seu mandato destacando seu posicionamento sobre a Reforma política com defesa da continuidade da reeleição e do voto em lista com alternância de gêneros e com financiamento público da campanha; sobre o Código Florestal ressaltou a importância de ter como relator o senador Jorge Viana, "Nós do PT não podemos abrir mão desse legado de sustentabilidade. Estou muito tranqüilo porque sei que Jorge Viana vai fazer algo de muito bom para o Brasil"disse. Já sobre a divisão de royalties do petróleo explicou que é favorável porque é uma questão de justiça com estados como o Acre que precisa desses investimentos. Depois, falou da redistribuição do FPE e de sua visita a todos os municípios do Acre nos primeiros cem dias de mandato.

O senador petista encerrou sua fala lembrando que se tornou senador por ter tido a confiança de seus companheiros de partido "Fui um suplente previamente escolhido para assumir depois. Quero que meu mandato seja símbolo para o PT".

O presidente do partido no Acre, Leonardo Brito, além de elogiar a atuação do senador Aníbal como relator da UNASUL, União de Nações do Sul, agradeceu a visita e todo o apoio dado ao partido "estamos no poder essencialmente para servir. A trajetória do Aníbal sempre foi marcada pelo servir", afirmou.

O senador Aníbal também ouviu atentamente os agradecimentos de militantes como Eurilinda Figueiredo "Estou há 24 anos no PT e nunca tinha visto um parlamentar falando assim, se comprometendo nesse nível" disse.

"Estou sensibilizado e agradecido pelas palavras", concluiu o senador....
Da Assessoria.......

Nenhum comentário:

Postar um comentário