quarta-feira, 13 de julho de 2011

Estudantes de Sena Madureira promovem manifestação ação pela cobrando melhorias no trânsito

O atropelamento do estudante Tiago Amós Pinheiro Carneiro, 18 anos, ocorrido no último sábado (9) e provocado por um motorista que dirigia alcoolizado motivou a equipe gestora, alunos e funcionários da escola de ensino médio Dom Júlio Mattioli a se mobilizarem e promoverem uma grande manifestação que visa defender melhorias no trânsito de Sena Madureira.

O protesto será realizado nesta quinta-feira (14) com concentração em frente a referida unidade de ensino a partir de 9 horas da manhã. De lá, os manifestantes seguirão pela Avenida Brasil, passarão pela Avelino Chaves, Pe. Egídio e finalizarão o percurso em frente a praça 25 de setembro, onde algumas falas serão feitas.

De acordo com a professora Clícia Ribeiro Pantoja, gestora da escola Dom Júlio Mattioli, o protesto objetiva ainda chamar a atenção das autoridades e sensibilizá-las para esse problema. "Esse será um ato pela vida. Não podemos nos conformar com esses absurdos porque assim como aconteceu com o Amós poderia ter ocorrido com qualquer outra pessoa, precisamos ter mais garnatia de vida no transito a situação não pode continuar assim em nosso município", Desabafou.

Em pronunciamento realizado ontem na câmara municipal de vereadores o estudante do Ensino Médio Raynan Maia destacou sua insastifação na tribuna:

"Não podemos ficar de braços cruzados precisamos mostrar que não estamos satisfeitos com o que esta acontecendo no trânsito em nosso Município muitas familias estão perdendo seus entes devido á da imprudência de alguns motoristas descomprometidos com a vida, caso contrário mais pessoas serão vitimadas por conta da inrresponssabilidade",frisou.

Uma das principais reivindicações é referente a implantação de semáforos em Sena Madureira bem como melhorias na sinalização, implantação de ciclovias , trabalho educativo intenso, entre outras.

Durante entrevista na Rádio Difusora de Sena Madureira o Professor de Sociologia Gamaliel Lima disse ”Quem dirige alcoolizado tem que ser preso, e inaceitável a um pai e uma mãe perder um filho devido à irresponsabilidade de um motorista que dirige alcoolizado a pessoa precisa ser punida e responder pelo crime”, Salientou o Sociólogo.

A mobilização visa reunir estudantes e toda comunidade em uma ação no trãnsito pela vida e vai sair da escola Dom Julio com inicio as 9 horas da manhã e vai percorer a Avenida Brasil , Rua Padre Egidio chamando a atenção da população para o problema.

( fotos Edinaldo Gomes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário